Insights

Zero Trust: o segredo para o sucesso da cibersegurança no setor financeiro

Que é inquestionável a modernização do setor financeiro nos últimos anos, nós já sabemos. Afinal, deixamos de frequentar agências e passamos a concluir compras, vendas e investimentos em poucos cliques. Mas será que a cibersegurança no setor também está acompanhando esse ritmo de inovação? No que diz respeito a proteção de aplicativos, dados de usuários e transações, parece que ainda há muito a ser feito.

Hoje, os bancos digitais são a 1º opção de 42% da população brasileira pela facilidade e praticidade que oferecem. Os benefícios são tantos que colocam o Brasil entre os 3 países com mais correntistas no mundo, com uma taxa de adesão que duplica a cada ano. E à medida que a abertura de contas cresce, os golpes digitais também evoluem.

ataques do tipo ransomware aumentaram 55% em 2021 e tiveram como custo médio cerca de US$ 1,49 milhão. Os números mostram que, com capacidade para coordenar golpes em larga escala a partir do RaaS – o Ransomware as a Service –, os cibercriminosos estão mesmo se aproveitando de vulnerabilidades como a baixa taxa de criptografia de dados.

Na linha de frente contra esse e outros tipos de crime que podem levar a multas milionárias, perda de clientes e até inatividade, as equipes de TI devem planejar muito bem os investimentos em segurança digital. Acreditamos que esses profissionais devem inclusive concentrar boa parte do orçamento na criação e adoção de uma estratégia baseada em Zero Trust. Como já falamos no blog da Beyondsoft Brasil, a abordagem de “nunca confiar, sempre verificar” é que pode impulsionar a gestão de riscos e manter a proteção dos ativos mais importantes do negócio à longo prazo.

Menos vulnerabilidade e mais eficiência

Partindo do princípio de que toda atividade, mesmo de usuários conhecidos, pode ser uma tentativa de violação de sistemas, o Zero Trust une o útil ao agradável por ter capacidade de garantir também conformidade e segurança regulatória.

Ao verificar explicitamente identidades, localizações e integridade de dispositivos e aplicar o princípio do menor privilégio, essa filosofia favorece acima de tudo o desenvolvimento da resiliência.

Fundamental para redes corporativas que incluem colaboradores remotos e ativos baseados na nuvem, ela minimiza danos provocados por invasões e sequestro de dados, impede movimentação lateral ao segmentar acessos e oferece as melhores práticas de análise e detecção de ameaças.

Para os negócios, tudo isso significa:

  • Redução de custos;
  • Visibilidade ampliada;
  • Detecção de exfiltração;
  • Redução de cargas de trabalho;
  • Otimização da experiência do usuário;
  • Mobilidade e produtividade para os colaboradores

Especialista no assunto, o time de segurança da Microsoft reconhece o poder de uma jornada Zero Trust e se concentra em oferecer proteção reforçada contra phishing, DDoS, ataque de comprometimento de e-mail corporativo e em validação de integridade. Com expertise no assunto, a Beyondsoft é parceira estratégica da companhia e tem o que é necessário para ajudar qualquer instituição financeira a entender seu estágio de maturidade digital, direcionar etapas e indicar os melhores recursos de segurança existentes no mercado para redes, infraestruturas e mais. Basta entrar em contato para falar com um de nossos especialistas.

Como fazemos

Nossos resultados testados oferecem um poderoso retorno sobre o investimento.

Quase 3 décadas de consultoria e serviços de TI

40+ redes globais de entrega em quatro continentes

Certificações* em CMMI 5, ISO 9001, ISO 45001 e ISO 27001

~30,000 especialistas pelo mundo

Microsoft Azure Expert MSP

ISO 9001 and 45001 (certificates issued to Beyondsoft International (Singapore) Pte Ltd). ISO 27001 (certificates issued to Beyondsoft International (Singapore) Pte Ltd, Beyondsoft (Malaysia) Sdn. Bhd., and Beyondsoft Consulting Inc., Bellevue, WA, USA)